13 de mar de 2013

Sempre houve
o grito, o asco
e o nó
na garganta
seca.

Diálogos sobre
tédio
ilusão e
angustiamentos
sem fim.

Ainda que aflita,
entre inumeráveis
tormentos,
não acolhi
seus argumentos
falidos.

Eu sempre
soube
de mim.